Exposição

Data : 2018-07-12 | Hora : 12:21:13

EXPOSIÇÃO "COLEÇÃO JORGE SANTOS"

GALERIA DE ARTE DA FUNDAÇÃO FCPEMG

PERÍODO: 12/07 A 14/09/2018

      A exposição Coleção Jorge Santos está em cartaz na Galeria de Arte da Fundação FCPEMG, rua da Bahia, 1032, 9º andar - Centro até 14/set/2018. O horário de visitação é de 14h às 18h, de segunda a sexta.  Propõe uma reflexão afetiva baseada nas pinturas presentes no acervo do Instituto de Arte, Educação e Cultura Professor Jorge de Oliveira Santos, com foco nas evidências e nas memórias que elas evocam. A partir da linguagem visual da mostra, que se amolda à vida e obra do colecionador, professor e artista plástico Jorge Santos, podem-se acessar os meios necessários para a sua formação e implementação ao longo de sua trajetória, iniciada nos anos 1960. A mostra tem a curadoria de Cristina Fonseca.

          O extenso percurso colecionista teve sua origem através do envolvimento de Jorge Santos com o universo das Artes Plásticas, quando estudou na Escola de Belas Artes de Belo Horizonte, ESAP/FUMA (atual Universidade Estadual de Minas Gerais, UEMG), onde obteve licenciatura plena em Desenho e Plástica. Inicialmente, a escola era localizada no Parque Municipal da cidade, onde teve a oportunidade de frequentar as aulas ministradas pelo mestre Alberto da Veiga Guignard. Também chamada Escola de Guignard pelo historiador da arte Pierre Santos,  configurava-se como espaço de aprendizado, no qual jovens artistas como Yara Tupynambá, Inimá de Paula, Wilde Lacerda, entre outros,   despontavam em carreiras promissoras. Foi neste período que o colega e amigo Wilde Lacerda executou o retrato de Jorge Santos, em estilo moderno, cujo cenário era a cidade de Congonhas do Campo. Essa pintura tornou-se, então, a gênese de toda a coleção. 

         Natural de Juiz de Fora, MG, Jorge Santos especializou-se em Artes Plásticas pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, EBA-UFMG e pós-graduou-se em Arte-Terapia pela Faculdade Vicentina, de Curitiba, PR. Dedicou-se ao magistério desde 1964. Atendendo ao convite do escultor Amílcar de Castro, exerceu a profissão na Escola Guignard de 1975 a 1985. Após o período, passou a ministrar aulas nas escolas municipais e estaduais, sempre voltadas ao campo da Arte-Educação. Em 1982 teve a qualificação de “Notório Saber” pelo Conselho Estadual de Educação do Estado de Minas Gerais, quando foi indicado para professor do curso de Licenciatura de Educação Artística da Escola Guignard. E, em 1983, recebeu a Comenda da Ordem do Mérito de Artes Plásticas, pela União Nacional dos Artistas Plásticos, UNAP, com sede em São Paulo, SP.

          Simultaneamente, desenvolveu sua carreira artística  participando de salões de arte e exposições, as quais destacam-se a 9ª Bienal Internacional de São Paulo, a 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas de Salvador, Bahia, o 11º Salão Nacional de Arte Moderna de Belo Horizonte, no qual recebeu o prêmio aquisição, o 39º Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, o Salão de Desenho da cidade de Jaú, São Paulo, onde também foi premiado. Além disso, teve seus trabalhos incorporados aos acervos do Museu Nacional de Santiago no Chile e no Museu de Arte da Pampulha em Belo Horizonte, MG. 

        A coleção particular crescia à medida que aprimorava a carreira e as relações com artistas, críticos de arte, colecionadores e acadêmicos. Foi adquirindo as obras por meio de compras e permutas de trabalhos de sua autoria, motivado pelas afetividades da convivência, do tempo, dos lugares onde expunha e lecionava, além da consciência clara que tinha da necessidade da circulação e comercialização da obra de arte. Enfim, movido pelo desejo de preservar seus momentos, memórias, afetos e gostos pessoais.

       Sempre foi um incentivador das Artes Plásticas e da profissionalização do artista plástico. Com esse ideal de vida, fundou no ano de 2000, a Associação Cultural Professor Jorge de Oliveira Santos - Convir, com o objetivo de realizar cursos na área e fomentar a arte e a cultura de Belo Horizonte e do Estado, através de inúmeras atividades artísticas. Com esta finalidade, criou também a Abcdéf Galeria de Arte, onde realizou diversas exposições, algumas delas itinerantes, dando oportunidades à artistas em distintos patamares  de suas carreiras. A coleção particular foi doada à Convir, que a impulsionou através das muitas concessões voluntárias dos artistas que lá expunham. Atualmente, a coleção foi transferida para o acervo do Instituto de Arte, Educação e Cultura Professor Jorge de Oliveira Santos, também idealizado pelo mesmo.

          A exposição Coleção Jorge Santos é resultado desta história de vida, contada  através do recorte de 30 pinturas que integram o acervo do instituto. Nela, podem-se apreciar pinturas em suportes variados, aquarelas, bicos de pena, pastel e grafite  dos seguintes artistas: Aluízio Siqueira, Assunção Madureira, Carmem Fernandes, Cristiano Coelho, Duarte, Eudsonzica, Evanice Schmidt, Fernando Pacheco, Hélio Siqueira, Iara Abreu, Isabel Galery, Lídia Miquelão, Mann, Manuel Francisco Lopes de Faria, Maria da Gloria  Lanza, Maria Ilce Maia, Renê Nascimento, Vulmar Santos, Wander Lara, Wilde Lacerda, além de obras do próprio Jorge Santos.

          Para a curadora Cristina Fonseca, recontar essa história pelo olhar do colecionador Jorge Santos é preservar uma época de desenvolvimento e efervescência da atividade artística de Belo Horizonte, é valorizar a cultura em diálogo consistente com a diversidade estilística, é promover a educação em sintonia com a arte, é fortalecer a circulação da produção artística e intensificar seu mercado. Mas é, antes de tudo, reconhecer a visão progressista e empreendedora  de Jorge Santos e seu incansável labor pela difusão cultural e artística na região das Minas e seus arredores.     

 

Serviço: 

Exposição Coleção Jorge Santos

Galeria de Arte da Fundação FCPEMG - Rua da Bahia, 1.032, 9º andar - Centro. Belo Horizonte/MG

Período:12/07 a 14/09/2018, de segunda a sexta, de 14h às 18h       

Curadoria: Cristina Fonseca

 

Outras Postagens

3º SIMPÓSIO DOS NORMALISTAS

2018-04-10 - 14:44:55

Feliz Natal

2017-12-18 - 12:18:42

(IN) SACRALIDADES - WANDER LARA

2017-09-26 - 19:01:55

Do Primitivismo ao Lirismo - Aneto

2017-05-11 - 16:08:37

“Semelhante não é Igual”

2017-03-31 - 13:03:46

Programação Mês da Mulher

2017-03-08 - 17:49:53

EXPOSIÇÃO

2016-11-30 - 16:09:42