Museu Nacional - RJ

Data : 2018-09-06 | Hora : 09:48:01

 

Sobre o incêndio do Museu Nacional no Rio de Janeiro, o que perdemos?   

 

 Perdemos algo além do valor de mercado, que é o que queremos referente ao patrimônio. Todo patrimônio evoca memórias. Cada passado teve o seu presente e só existe a possibilidade de ser conhecido, e até mesmo de se dialogar entre dimensões temporais, a partir da preservação do passado. O passado existe enquanto memória, mas o presente, de posse da materialidade do passado, abriga várias temporalidades. Perder tantos acervos, de uma só vez, significa não mais resignificar experiências, não mais dialogar com o passado, não ter mais como voltar no tempo. A  Museologia Social trata da participação da sociedade, a partir do que está guardando num Museu, com o objetivo de que ela se reconheça naqueles objetos. O Museu é um espaço que nos permite conversar com diferentes passados, ou melhor, é pratica da partilha da memória. É papel do historiador, mediar o processo de reconhecimento do passado. E infelizmente, neste momento, registrar tamanha perda nacional, e imaterial.                                                                                           

Prof. Giani Amaral

Outras Postagens

CURSO DE CAPACITAÇÃO

2018-10-20 - 08:00:30

CURSO DE CAPACITAÇÃO

2018-10-20 - 08:00:36

Do Primitivismo ao Lirismo - Aneto

2017-05-11 - 16:08:37

“Semelhante não é Igual”

2017-03-31 - 13:03:46

Programação Mês da Mulher

2017-03-08 - 17:49:53

EXPOSIÇÃO

2016-11-30 - 16:09:42